Aqui estou, envia-me!

 A voz do coração: enviado para anunciar

A voz do coração

O
jovem judeu itinerante, a quem são familiares os lírios do campo e as aves do céu, olhou Tiago e João nos olhos, e os atraiu para si; propôs a Pedro, após a experiência amarga da traição (cfr. Jo 18, 25 ss)  a responsabilidade impensável de apascentar suas ovelhas (cfr. Jo 21, 16); fala do reino de um Pai Celeste.

Esse grupo de judeus, filhos de um povo que caminhou duramente no deserto para escapar de uma escravidão mortal, já tinha posto ao lado os sonhos futuristas e já estava acomodado na habilidade da sua profissão, na vida cotidiana.

Jesus os sacode: “Sigam-me, uma aventura os espera: semear a semente do reino, sendo vocês os pilares; mas, mantenham firmes as mãos no arado e não voltem atrás. Não se preocupem em enterrar os mortos, não cumprimentem ninguém na rua; tenham sapatos nos pés e um cajado na mão”.

Você não está sozinho

Vá! Uma grande aventura o espera; saiba se orientar ao longo das estradas do mundo; saiba captar os sinais que em cada tempo vou enviar. Seja amigo de todos e entre vocês partilhe  o pão do amor, do perdão, da fadiga. Você não é um comitê de segurança pública, mas é filho da luz. E, alimentado pela Palavra e pelo Pão, pode sustentar o mundo que espera a felicidade e a vida em abundância, que, em Deus, nunca mais se apagará. Eu estarei sempre com você, até o fim do mundo, como presença e sinal de salvação para todos.

Avance para águas mais profundas

Para cada homem, e para você também, vem o momento em que a força latente do Espírito se apresenta ao seu coração e lhe pede a confirmação, a permissão para se expressar, para em você soprar, afim de que possa avançar na vida nas dimensões do tamanho de Deus e remar neste barco que é a Igreja do Senhor.

Você pode responder sim, e se abrir à estrada maravilhosa da testemunha que não está isenta de incógnitas e dificuldades. É a decisão de se deixar envolver na aventura humana do Reino, com o seus talentos, suas dúvidas, sua face abençoada por Deus. Você pode dizer não, e o poder do Espírito permanece inativo e freado sob as cinzas do seu ser, alí  guardado desde o dia do seu batismo. É como puxar os remos do barco quando está à deriva.

Ou então ficará na praia de suas dúvidas, de suas críticas e reservas que certamente tem algo de verdade, mas também o efeito de se tornar álibi para não se lançar responsavelmente, fortalecendo os músculos do seu espírito, de modo que uma nova humanidade faça novos céus e nova terra.

Perguntas

+ Até onde chega o seu interesse pelos outros? Se aproximam do seu coração os outros povos e culturas do mundo ? Como?

+ Você está disponível para seguir o Senhor em qualquer vocação? Está aberto ao serviço na sua comunidade e paróquia?

Publicado no Jornal Missão Jovem de Setembro de 2017

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail está seguro conosco. Campos obrigatórios são marcados com *

Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Joaquim Távora, 686
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP