Durante a pandemia, na Índia a Igreja ajudou 11 milhões de pessoas

Na Índia, durante a pandemia do coronavírus, 11 milhões de pessoas vulneráveis já receberam a ajuda da Igreja

foto: Vatican News

por redação Mundo e Missão


A Índia é um dos países mais afetados pelo coronavírus. E durante a pandemia a Igreja se esforçou muito também lá. Conforme os dados divulgados pela Conferência episcopal indiana (a partir de dados disponibilizado pela Cáritas), a partir do dia 25 de março 11 milhões de pessoas vulneráveis já receberam a ajuda da Igreja na Índia.

“Os dados revelam a grande solidariedade com que a população católica respondeu à pandemia e às medidas de confinamento, apesar de os católicos representaram apenas 2,5% da população do país. A Cáritas Indiana afirma que 92,5% do imigrantes perderam o emprego durante a quarentena, a partir de uma pesquisa realizada nos 18 estados mais afetados pela pandemia”, escreve o jornal O São Paulo.

Que continua: “Diante das necessidades humanitárias de milhões de pessoas, paróquias, ordens religiosas, igrejas e ONGs ligadas à Igreja Católica mobilizaram-se. Na Arquidiocese de Bombay, todas as suas 124 paróquias distribuíram alimentos para os mais pobres, os afetados pela COVID-19 e, também, para os afetados pelo Ciclone Ampham. Nessa arquidiocese, estima-se que 7 mil pessoas são alimentadas por dia com essas ações. Além disso, o centro social da Arquidiocese de Bombay coletou fundos que beneficiam idosos, pobres, doentes, migrantes e crianças que moram nas ruas. Colégio católicos também disponibilizaram suas instalações para organizar a ajuda caritativa”.


Inscreva-se e receba a newsletter

seu apoio vale muito, assine a revista Mundo e Missão

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail está seguro conosco. Campos obrigatórios são marcados com *

Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Gregório Serrão 177
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP