Eu estou contigo

Uma presença nos sustenta: somos mais que simples criaturas. Um dos maiores temores é a solidão: ficar sem ninguém e viver sem perceber a alegria de uma presença que preenche a vida.
Esta é uma situação que todos encontram, pelo menos como experiência ocasional, em algum momento da existência. A solidão é aquele afastamento que, em muitos casos, não é o resultado de uma escolha pessoal, mas de imposição por causas diversas e nem sempre felizes. Outra coisa é ficar em uma solitude procurada, para realizar algo de útil ao próprio crescimento humano e espiritual. Mas aqui, falaremos da solidão.

Na realidade profunda e constitutiva do ser humano fica o chamado e a propensão a se relacionar com os outros. É assim que o mundo “entra’ e “sai” da nossa vida para construir e, ai de mim, para destruir também.

O que importa é caminhar diante de Deus e dos homens tendo uma meta, segundo o tipo de pessoa que desejamos nos tornar. Inevitavelmente, aqueles que andam com esta finalidade se cansam,  erram, duvidam. Mas tudo isso não é um obstáculo à sua maturidade. Quando isso acontecer, nasce para eles o convite forte e saudável que Deus endereçou a Elias:

“Levanta-te e come, porque tens um longo caminho a percorrer.” (1 Reis 19.7). E “Lembra-te de todo o caminho por onde o Senhor te conduziu durante esses quarenta anos no deserto, para humilhar-te e provar-te, e para conhecer os sentimentos de teu coração” (Dt 8,2).

Eis aqui a certeza de um Deus que caminha conosco, está vivo e ativo no mar bravo e nas águas calmas dos nossos relacionamentos, em nossos sonhos que marcam momentos favoráveis e desejáveis da nossa existência até àqueles espaços onde jorram preocupações e sofrimentos que apagam a luz do coração e escurecem a mente.

“O Senhor mesmo marchará diante de ti, e estará contigo, e não te deixará nem te abandonará. Nada temas, e não te amedrontes.”(Dt 31,8)

Essas não são palavras ocas. Elas guardam uma Presença, uma  força de vida semelhante à semente que contém a energia para frutificar, quando cairá no terreno apropriado e será  por ele acolhida: assim é pela palavra de Deus (cf Is 55,10-11)

 “Nada temas, porque estou contigo, não lances olhares desesperados, pois eu sou teu Deus; eu te fortaleço e venho em teu socorro, eu te amparo com minha destra vitoriosa.”(Is 41,10)

Para este alegre chamado a viver com Deus e os irmãos, neste mundo de relações, de encontros e de fé, suba ao Senhor o nosso louvor e a nossa súplica:

“Vinde, manifestemos nossa alegria ao Senhor, aclamemos o Rochedo de nossa salvação; apresentemo-nos diante dele com louvores, e cantemos-lhe alegres cânticos, porque o Senhor é um Deus imenso, um rei que ultrapassa todos os deuses; nas suas mãos estão as profundezas da terra, e os cumes das montanhas lhe pertencem.” (Sl 94,1-4)

Reflexões

-Em quais momentos da sua vida você percebe que consegue o equilíbrio e a paz?

-Você está acostumado a procurar na palavra de Deus a luz e a força para enfrentar situações de solidão?

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail está seguro conosco. Campos obrigatórios são marcados com *

Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Joaquim Távora, 686
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP