Inaugurada a nova paróquia do PIME em Kharubanga

A igreja de “Holy Cross” está localizada no interior da diocese de Bagdogra, a uma grande distância dos centros urbanos. Os desafios mais urgentes: isolamento da comunidade católica, educação das crianças, formação espiritual dos jovens, construção de uma igreja maior. “É realmente uma terra missionária.”

Redação Asianews

Nova Délhi (AsiaNews) – Uma paróquia “após a continuidade dos missionários que trabalharam anteriormente, para restabelecer a presença do PIME em Bengala Ocidental e como um sinal da Providência divina para uma ajuda pastoral concreta aos católicos da diocese”. É a igreja que o Pontifício Instituto das Missões Exteriores (PIME) em Kharubanga, na diocese de Bagdogra, na fronteira com Bangladesh, que assumiu. Pe. Prasanth Kumar Gunja, novo vice-pároco da paróquia, enviado pelo PIME, para recriar a presença missionária nesta área da Índia. “É realmente – ele enfatiza – uma terra de missão. Está faltando tudo. A população é muito pobre, trabalha em plantações de chá e não frequenta a escola. Por esse motivo, minha fome de querer fazer mais por essas pessoas é ainda mais forte”.

Durante a inauguração, cerca de 500 pessoas estiveram presentes “, incluindo muitas fiéis, as missionárias da Imaculada [congregação feminina associada ao PIME], padre Clement Tirkey, ex-regente da pequena igreja. ” O último”, continua o padre Prasanth, “concelebrou a missa com Mons. Vincent Aind, bispo de Bagdogra, ao novo pároco padre Xaviour Ambati Babu, que voltou de Camarões depois de 15 anos, e a mim, que também terá a tarefa de introduzir o pároco na vida da comunidade “.

A paróquia de Pime é um pequeno prédio a cerca de quatro quilômetros da estrada que leva a Calcutá. Além da igreja, há apenas uma sala em que o ex-regente morava e onde padre Prasanth. A sala e o escritório do pároco, atualmente em construção, estão ausentes.

padre Prashanth à direita (Foto: AsiaNews)

O local de culto está localizado no interior, a uma grande distância das principais cidades. “Você precisa se afastar vários quilômetros da rua principal – ele explica – para encontrar a igreja que serve nove aldeias. Na área, existem quase 400 famílias católicas, para um total de 1.500 fiéis. A distância é um dos maiores desafios, porque as pessoas estão isoladas de tudo, das escolas, do mercado “.

Uma das primeiras iniciativas que o PIME gostaria de implementar é expandir a igreja que é muito pequena e pode acomodar um máximo de 150 pessoas e focar na formação espiritual dos fiéis, facilitar o contato com outras paróquias, fazer a participação na vida da Igreja como uma grande família concreta, criar um sentimento de reciprocidade.

A falta de instalações, a extrema pobreza, a necessidade de assistência pastoral “tornam a presença missionária ainda mais urgente. A inauguração, no dia da Apresentação de Jesus no Templo, é um sinal da Divina Providência, que nos guia para ajudar essas famílias “. “Ter uma paróquia do PIME – ele diz – nesta área remota é uma grande alegria: recria o senso de família, de pertencer à missão. Estamos prontos para aceitar esse desafio de saída da Igreja”. (A.C.F.)

Inscreva-se e receba a newsletter

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail está seguro conosco. Campos obrigatórios são marcados com *

Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Gregório Serrão 177
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP