PIME dá ajuda aos povos atingidos pela emergência do Coronavírus

Em quatro continentes, os missionários estão distribuindo auxílios aos que mais precisam de enfrentar a epidemia

por redação Mundo e Missão


Treze intervenções diferentes na América Latina, Ásia, África e Oceania para atender às necessidades dos mais pobres que lutam com a emergência do Coronavírus. O PIME na Itália lançou um fundo de emergência como iniciativa de solidariedade diante das graves consequências causadas pela epidemia nas realidades em que os missionários do PIME estão presentes, já está se realizando a ajuda concreta para as centenas de milhares de pessoas que sofrem de fome devido às restrições impostas para impedir a propagação do vírus. Somente nas primeiras semanas, já foram financiadas muitas intervenções para não deixar de lado aqueles que, neste momento, não podem contar com nenhum tipo de assistência.

No Brasil, onde a emergência sanitária piora todos os dias com milhares de mortes e novas infecções, afetando ambientes já socialmente difíceis, como nas comunidades da periferia das grandes cidades. Em São Paulo – que é o epicentro da crise no Brasil – há uma distribuição de alimentos e necessidades básicas nas paróquias onde os missionários estão presentes. A situação também é muito séria no norte do país, na Amazônia, em Manaus, a metrópole à beira da floresta, o PIME está apoiando aqueles que não podem trabalhar por causa do bloqueio; enquanto a ajuda também é levada para as aldeias dos índios no rio Andirá, dentro da floresta.

Quanto à Ásia, no Mianmar New Humanity, a ONG do PIME, disponibilizou “Casa Dos Sonhos” para hospedar os infectados pelo coronavírus para ajudar o governo na luta contra a coronavírus. A Casa Dos Sonhos fica na cidade de Taunggy e é uma estrutura que acolhe jovens com problemas de dependência de droga e álcool, oferecendo a possibilidade de um caminho para a reintegração social e profissional. Desde os primeiros dias de emergência nas Filipinas, foi mobilizada uma paróquia do PIME em Parañaque, localizada na área do aeroporto internacional, onde há uma grande favela. Distribuições de alimentos para lidar com a emergência da fome também estão em andamento na paróquia do PIME em Sinunuc, em Zamboanga, na ilha de Mindanao no sul do país.

O mesmo modo de ação em Bangladesh, tanto na capital Dakha – onde o irmão Lucio Beninati presta atenção particular às crianças de rua – quanto na diocese de Khulna. Na Índia, por outro lado, Eluru – a presença histórica da PIME no estado de Andhra Pradesh – também está sendo abordada – mas também na nova missão de Bagdogra, em Bengala Ocidental, onde a situação dos trabalhadores que costumam trabalhar no dia nas plantações é particularmente preocupante. um pouco de chá.

Na África, as duas intervenções mais significativas atualmente em andamento estão nos Camarões: apoio às necessidades da população de Ntem-a-si – um dos bairros mais pobres da capital Yaounde, também enfrentando o bloqueio – e ajuda extraordinária para Fundação de Belém de Mouda, onde mesmo neste momento de grande dificuldade, obviamente, as crianças continuam cuidando de crianças órfãs, abandonadas ou deficientes. Com a Caritas, os missionários do PIME fizeram uma grande campanha de conscientização através da Rádio Sol Mansi, que é o rádio mais ouvido no país.

Finalmente, a paróquia de São João Apóstolo é mobilizada na Oceania, em Port Moresby, capital da Papua Nova Guiné, também para apoiar os pobres que vivem nas favelas e enfrentar os problemas causados ​​pelo bloqueio das atividades econômicas.


Inscreva-se e receba a newsletter

seu apoio vale muito, assine a revista Mundo e Missão

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail está seguro conosco. Campos obrigatórios são marcados com *

Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Gregório Serrão 177
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP