Arquidiocese de Natal (RN) terá 100% das paróquias abastecidas com energia solar


Créd. Pascom Natal - RN

A Arquidiocese de Natal (RN) terá 100% de suas paróquias abastecidas com energia solar fotovoltaica a partir do mês de julho. A mudança para uma matriz energética limpa e sustentável, além de benefícios ao meio ambiente, garantirá uma economia anual de R$1,5 milhão que será investido em ações sociais e pastorais.


O projeto de implantação da energia solar começou em 2019 com a instalação de placas fotovoltaicas na Catedral Metropolitana e em mais cinco paróquias com capacidade de gerar 30 mil quilowatts. Os bons resultados alcançados em termos de economia e eficiência energética, fez com que a Igreja expandisse a infraestrutura para mais 13 paróquias.


“A instalação [das novas placas] teve início no final de abril e a conclusão está prevista para 30 de junho, quando entram em operação. Com mais 30 dias, a energia passará a ser distribuída para todas as paróquias do território arquidiocesano”, explica o secretário do economato da Arquidiocese de Natal, Ítalo Nogueira.


Usina de energia solar na comunidade do Bom Pastor, em Natal | Foto: Divulgação

Ao todo, a Igreja potiguar tem 114 paróquias espalhadas em 88 municípios da Grande Natal e do interior. Para alcançar toda essa área, o projeto de energia solar está sendo desenvolvido em parceria com a empresa Open Energy, de Fortaleza (CE). Os custos foram financiados via banco SICOOB com retorno financeiro previsto para seis anos e meio.


“Quando for concluído o pagamento do financiamento, vai sobrar um recurso bem mais vantajoso, para que cada Paróquia aplique na sua missão e evangelização. Esse é o principal resultado que esperamos alcançar com esse projeto”, afirma o coordenador de patrimônio da Arquidiocese de Natal, Vital Bezerra.

Por Pascom Natal - RN