top of page

Jacarta, um concerto de Natal para o povo indígena de Papua

É uma iniciativa apoiada por mais de um Comitê para o desenvolvimento. Todos os fundos irão para a diocese de Agats, uma área remota da Indonésia, onde vive a população indígena Papua. Até agora, a ajuda ao desenvolvimento permitiu a formação de 36 professores na ilha de Java.


Indígenas de Papua - Vatican Media

Nos últimos dias, a comunidade Pukat de Jacarta formada por profissionais e empresários da arquidiocese da capital, realizou um concerto intitulado "A Magia do Natal", cuja renda será inteiramente doada para ajudar a população indígena Asmat da diocese de Agats, província de Papua do Sul. Há pelo menos 10 anos, é a Arquidiocese de Jacarta, também através de seu Comitê humanitário Ppka (Panitia Peduli Keuskupan Agats) que vem investindo no desenvolvimento da região.


No meio da floresta A diocese de Agats está localizada em uma área remota muito rica de florestas: para chegar até lá precisa-se de cinco a nove horas de lancha através de grandes rios infestados de crocodilos. Devido à falta de serviços básicos de saúde e professores qualificados, a mortalidade infantil é muito alta e a instrução quase inexistente: muitos adolescentes não sabem ler, escrever ou fazer contas, porque desde cedo são enviados por seus pais para colher alimentos na floresta. É neste contexto que se inserem as ajudas ao desenvolvimento da Arquidiocese de Jacarta, tanto financeiramente como através da formação da população Asmat. Há mais de uma década, o Comitê Ppka envia os jovens Asmat para Java para que, depois de formados, retornem a Agats como professores. Pelo menos 36 pessoas já completaram este percurso.

O bispo agradece "Somos muito gratos pela enorme generosidade da Arquidiocese de Jacarta, que, através dos Comitês Pukat Kaj e Ppka, sempre forneceu fundos especiais à Congregação Asmat no campo da educação, criando bolsas de estudo para jovens, dando fundos para a educação de nossos seminaristas, e através de assistência técnica e os centros locais de formação profissional", disse o Bispo de Agats, Dom Aloysius Murwito, frade franciscano que dirige a diocese desde 2002. "Pukat Kaj é nosso anjo porque as nossas obras pastorais podem funcionar graças à ajuda deles".

O concerto de Natal No concerto de Natal, realizado dia 10 de dezembro, a Twilite Orchestra se apresentou junto com alguns cantores, entre os quais Ary Kirana, Regina Handoko, e Jordan Basa. "Começamos a preparar este programa há oito meses", explicou Aloysius Setyo Handoyo Singgih do Comitê Humanitário. "A renda será inteiramente doada à diocese de Agats". A regência Asmat, na diocese de Agats, foi fundada em 1938 como um posto avançado holandês. Todos os anos, a cidade recebe o Festival Asmat, um evento cultural de renome internacional, durante o qual visitantes de todo o mundo podem admirar o trabalho em madeira esculpida dos nativos locais.

Por Vatican News com Mathias Hariyadi, Asia News)




Comments


bottom of page