Índia: Trabalhador passa quarentena obrigatória numa arvore

Um trabalhador migrante retornou à sua aldeia e foi forçado a passar a quarentena em uma cabana construída em uma árvore

foto: AsiaNews.it

por redação Mundo e Missão


Um trabalhador migrante que retornou à sua aldeia, na Índia, foi forçado a passar os 14 dias de quarentena em um “machaan“, uma cabana construída em uma árvore. Kamlesh Meena, 25 anos, atingido pelo “bloqueio”, caminhou 200 km do distrito de Ajmer, onde trabalhava, até sua aldeia de Sherpura, no distrito de Bhilwara (Rajastão). A notícia foi divulgada por Asia News, o site de informações do Pime sobre os Países da Ásia. 

Quando chegou, os profissionais de saúde pediram que ele passasse 14 dias em quarentena em um centro em Bhilwara. Mas os moradores e a família de Meena construíram um “machaan” (pouco mais que uma plataforma) para ele com madeira de bambu em uma árvore. Durante todo o período, seu pai Sagarmal trouxe comida, água e outras coisas para suas necessidades essenciais.


leia também: Índia, entre rendas e leitos hospitalares


Kamlesh já concluiu sua quarentena. Os médicos o visitavam todos os dias e após 14 dias determinaram que ele não era mais positivo no Covid-19. Então Kamlesh conseguiu voltar para sua família.

fonte: AsiaNews.it

Inscreva-se e receba a newsletter

seu apoio vale muito, assine a revista Mundo e Missão

Adicionar Comentário

Seu endereço de e-mail está seguro conosco. Campos obrigatórios são marcados com *

Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Gregório Serrão 177
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP