Universo digital e a vida real

É fato que a internet está presente no dia a dia de todos. Ao mesmo tempo em que o mundo digital traz benefícios e facilidades há também perigos na rede. Você acha que usa a internet de forma adequada?

Durante uma aula de catequese, no auge da explicação sobre o assunto do dia, a catequista fez uma pergunta e um dos catequizandos, Antônio, respondeu imediatamente. Ao finalizar a explicação, a catequista realizou mais algumas perguntas e, rapidamente, Antônio estava pronto para responder. Além disso, o menino complementou com mais algumas informações.  A catequista, surpresa, quis saber onde Antônio tinha aprendido sobre a aula daquele dia. E ele, mais uma vez, prontamente respondeu: “Eu li tudo aqui”. E apontou para o celular.

As aulas foram passando e em outra situação, quem apareceu na aula de catequese não foi o Antônio, mas a sua mãe. Ela queria uma ajuda. Antônio passava a maior parte do tempo com o celular na mão ou em frente ao computador. O jogo de futebol com os amigos, os passeios no parque da cidade e as aulas na escola já não chamavam mais a sua atenção. Os jogos virtuais e as conversas com desconhecidos através da internet passou a ser a sua atração. A mãe de Antônio, não concordando com a atitude do filho, mas sem saber como agir, foi até a catequista pedir um conselho.

A catequista ficou surpresa com as atitudes de Antônio. Era evidente que passar grande parte do tempo na internet, sem proveito algum, não podia fazer parte da vida de Antônio. A catequista não soube, em um primeiro momento, como aconselhar a mãe.

Ao longo daquela semana, a catequista refletiu sobre a influência da internet na vida dos adolescentes e também na sua própria vida. Ela mesma percebeu que utilizava a internet para pesquisar muitas coisas, e também para conversar com amigos e parentes distantes, mas que, se não tomasse cuidado, passaria horas e horas na frente do computador sem fazer bom proveito do seu tempo.

Foi então que a catequista chamou o Antônio e a sua mãe para conversarem. Durante a conversa ela os fez entender que não dá para brigar e se esconder da internet. E que esta é uma ferramenta com potencialidades bonitas para a vida. A tecnologia pode ajudar muito na aquisição de conhecimento, como fez Antônio na aula de catequese. Mas que, viver em função da internet não é nem um pouco saudável. Utilizar para o aprendizado para se comunicar com amigos verdadeiros e com parentes distantes é algo muito bom. Mas é preciso coragem para não se deixar “engolir” pelo mundo digital.

Reflexão

De que forma você utiliza a internet? Os teus pais chamam a sua atenção quando está no computador ou no celular? O que você mais gosta de fazer e pesquisar na internet?

Publicado no Jornal Missão Jovem de dezembro 2017
Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Joaquim Távora, 686
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP