Jovens vão escrever as reflexões da Via-sacra em Roma

Papa presidirá a celebração da Via-sacra no Coliseu, em Roma, no dia 30 de março

Grupo de jovens deve interligar vários pontos e desafios da atualidade com os sofrimentos enfrentados por Cristo na cruz. Reflexões farão parte da celebração que acontecerá na Sexta-feira Santa, em Roma |

 

N
o ano em que a Igreja dedica espaço aos jovens no Sínodo dos Bispos, que acontecerá em outubro, o Papa Francisco pediu que a Paixão de Cristo fosse meditada pelas novas gerações. Assim, 15 jovens estudantes de uma escola de Roma vão meditar sobre as 14 estações. Essas reflexões serão lidas durante a Via-Sacra da Sexta-feira Santa, que será celebrada pelo pontífice no Coliseu, em Roma, no dia 30 de março.

O professor Andrea Monda, docente de religião, jornalista e escritor, recebeu a missão de escolher um grupo de jovens e reunir suas reflexões. Em entrevista ao portal Vatican News, ele disse que aconselhou os jovens a “não se deixar condicionar pela grandiosidade do desafio” e não se preocupar em escrever textos teológicos, mas que “expressassem seus sentimentos”.

Dessa forma, o grupo deve interligar vários pontos e desafios da atualidade com os sofrimentos enfrentados por Cristo. Emergem, por exemplo, temas como a injustiça, o paradoxo da Cruz, a força de Jesus em se reerguer, e também os migrantes despidos de condições dignas e a difícil aceitação da morte.

De acordo com a agência de notícias do Vaticano, não foi a primeira vez que os jovens foram convocados para esta tarefa. Há cinco anos, o papa Bento XVI fez o mesmo pedido, mas ao patriarca de Antioquia dos maronitas, o cardeal Béchara Boutros Raï, que, com a juventude libanesa, deu voz às aflições dos povos do Oriente Médio.

 

Com informações do Vatican News

 

Telefone: (11) 5549-7295
Fax: (11) 5549-7257
Rua Joaquim Távora, 686
04015-011 Vila Mariana, São Paulo - SP