top of page

China: De seminaristas mais jovens a irmãs idosas, toda vocação é preciosa

"Eles são o futuro e o presente da Igreja. De seminaristas menores a irmãs idosas que dedicaram suas vidas à Igreja, todas as vocações são preciosas. Elas devem ser protegidas, incentivadas, apoiadas, acompanhadas e agradecidas. Portanto, vamos nos dar as mãos e construir juntos a família da Igreja católica com a oração e o compromisso concreto": exortam os párocos, padre Zhang Aijun e padre Li Zeyi


"Neste momento de grave escassez de vocações sacerdotais e de vida consagrada, os seminaristas são o futuro da Igreja e a esperança de cada diocese. Cuidar deles é cuidar do nosso amanhã. Em nome de todos os seminaristas, gostaríamos de expressar nossos mais sinceros agradecimentos". Essas são as palavras comovidas do padre Li Jingxi, vice-reitor executivo do Seminário Filosófico e Teológico de Shaanxi, na China, dirigidas a um grupo de leigos das paróquias de Xiaomu e Lujia.

Reprodução da internet

O futuro e o presente da Igreja

O grupo de cerca de 50 paroquianos enfrentou a chuva torrencial que atingiu a região dias atrás e, com 10 carros carregados de kiwis recém-colhidos e outros gêneros alimentícios (farinha, arroz, óleo de cozinha) viajou centenas de quilômetros para levá-los ao Seminário maior, ao Seminário menor, à Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias do Sagrado Coração de Jesus e à casa de repouso delas.

Como disseram os dois párocos, padre Zhang Aijun e padre Li Zeyi, "eles são o futuro e o presente da Igreja. De seminaristas menores a irmãs idosas que dedicaram suas vidas à Igreja, todas as vocações são preciosas. Elas devem ser protegidas, incentivadas, apoiadas, acompanhadas e agradecidas. Portanto, vamos nos dar as mãos e construir juntos a família da Igreja católica com a oração e o compromisso concreto".

A grande família cristã formada por esses leigos corajosos que enfrentaram o mau tempo também chegou ao Seminário menor depois de ter feito a entrega ao Seminário maior. O reitor agradeceu pelo apoio na formação das vocações.


Irmãs Franciscanas Missionárias do Sagrado Coração de Jesus A etapa sucessiva foi a Casa Geral das Irmãs Franciscanas Missionárias do Sagrado Coração de Jesus, que acaba de comemorar 100 anos de fundação. Durante a visita, os voluntários tomaram conhecimento da presença de três irmãs idosas na casa de repouso da Congregação e, sem qualquer hesitação, depois de um dia longo e cansativo, fizeram uma etapa extra para chegar até elas.

"As irmãs idosas são o maior tesouro da Igreja", disseram os voluntários comovidos, depois de ouvir atentamente os testemunhos de vida dedicada à Igreja e à missão das irmãs idosas e cadeirantes. "Vocês fizeram a obra de Deus diligentemente para o trabalho de evangelização, seguindo a Cristo e dedicando sua juventude à Igreja, especialmente nesses tempos difíceis".
"Graças à dedicação altruísta e sincera de vocês, idosas, e ao testemunho e sacrifício de suas vidas corajosas e perseverantes no Senhor, a Igreja se desenvolveu e cresceu hoje. Vocês são como velas, que ardem e iluminam o mundo, e são os modelos e exemplos com os quais todos nós, católicos, podemos aprender!", ressaltaram, por fim, os voluntários.

(com Fides)


ความคิดเห็น


bottom of page