Nairóbi: II Congresso Católico Pan-africano

A partir desta segunda-feira até 22 de julho, a sede da Universidade Católica da África Oriental sedia a iniciativa da Rede Católica Pan-africana de Teologia e Pastoral dedicada à Teologia, Sociedade e Vida Pastoral. O objetivo é promover e incentivar boas práticas para a melhoria da Igreja e da sociedade.


Créd. Vatican Media

"Caminhar juntos por uma Igreja vital na África e no mundo." Este é o tema do II Congresso Católico Pan-africano de Teologia, Sociedade e Vida Pastoral que reúne, a partir desta segunda-feira (18/07) até sexta-feira (22/07), em Nairóbi, no Quênia, mais de 80 líderes religiosos e estudiosos dos 5 continentes.


Organizado pela Rede Católica Pan-africana de Teologia e Pastoral, o encontro se realiza na Universidade Católica da África Oriental e propõe reflexões sobre a sinodalidade, mulheres, crianças e o futuro da Igreja africana com conferências e oficinas. Mūmbi Kīgūtha, da secretaria organizadora da Rede Católica Pan-africana de Teologia e Pastoral, explica que o congresso fará emergir as riquezas da Igreja e do continente africano, oferecendo uma representação inclusiva e acolhendo uma diversidade de pensamentos e vozes.


Prática pastoral e trabalho acadêmico

Os trabalhos podem ser acompanhados on-line no portal dedicado e são promovidos pelo Simpósio das Conferências Episcopais da África e Madagascar (SECAM).


A secretária da Pontifícia Comissão para a América Latina, professora Emilce Cuda, e o secretário para a Dicastério de Comunicação, padre Lucio Adrian Ruiz, participam como representantes da Santa Sé.


O encontro queniano segue o primeiro Congresso realizado em dezembro de 2019 na Nigéria. A Rede Católica Pan-africana de Teologia e Pastoral tem como objetivo preencher a lacuna entre a prática pastoral e o trabalho acadêmico multidisciplinar no continente africano, ouvindo a Palavra de Deus e o povo, a fim de inspirar esperança e fé transformadora, promover e incentivar boas práticas para a melhoria da Igreja e da sociedade.


Por Tiziana Campisi – Vatican News